Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

the ana show.

neste blog nenhuma realidade será embelezada!!

the ana show.

Qua | 09.12.20

Já ouviu falar da Operação Christmas Drop?

Olá pessoal,

Recentemente, vi o filme "Operação Feliz Natal" da Netflix em que, no fim, aparece uma mensagem que revela que o filme é baseado numa operação real. Eu fiquei completamente apaixonada e quis saber mais sobre o assunto. Assim, resolvi também falar-vos um bocadinho sobre isto!

A Operação Christmas Drop é uma tradição que teve início em 1952, na Micronésia, e consiste na largada de presentes de Natal, durante uma missão de treino da US Air Force. Tornou-se, desta forma, a missão mais longa (e que continua a existir) da US Department of Defense. Esta operação conta com a ajuda de diversas comunidades de Guam e, atualmente, é conduzida pela base militar Andersen Air Force Base, em conjunto com a base militar Yokota Air Base. 

Na primeira realização desta operação, a tripulação da aeronave WB-29, apontada para a 54th Weather Reconnaissance Squadron, sobrevoavam o sul de Guam, quando viram os ilhéus a acenarem-lhes. A tripulação conseguiu rapidamente reunir alguns bens que levavam no avião, armazenaram-nos em caixas com paraquedas, e largaram-nos sobre a ilha. Na altura, essa ilha não tinha eletricidade, nem água corrente e era regularmente atingida por tufões. Algumas das primeiras caixas não caíram onde era previsto e os ilhéus tiveram de nadar até elas para as trazer para terra. Outras caixas foram descobertas meses mais tarde, a alguns quilómetros de distância. Foi, assim, que surgiu esta operação que, até hoje, se realiza todos os Natais. 

Cada caixa pesa aproximadamente 180kg e contém bens essenciais como: redes de pesca, materiais de construção, leite em pó, enlatados, arroz, refrigeradores, roupas, sapatos, brinquedos e materiais escolares. Em 2006, 360kg de mantimentos foram largados. Esta operação ofereceu treino suficiente aos militares no que toca a largadas humanitárias, uma vez que estes teriam de as fazer, mais tarde, no Iraque e Afeganistão. Ainda nesse mesmo ano, 140 caixas foram largadas em 59 ilhas. Em 2011, a operação incluiu, também, a largada de 5 caixas de fluidos intravenosos na ilha Fais, para ajudar no combate à Dengue. As caixas são largadas na água, perto das praias, de modo a evitar que algum habitante seja atingido por elas.

Nesta foto, podemos ver uma das diversas largadas que foram realizadas em 1986.

Eu fiquei completamente rendida ao ver o filme e pensei "isto era uma excelente ideia para se fazer!", mas quando soube, no final, que tudo isto já era feito, fiquei completamente emocionada. Para mim, esta é a verdadeira essência do Natal, ajudar os que mais precisam e, por isso, decidi partilhar convosco esta missão humanitária que conseguiu aquecer o meu coração.

Espero que tenham gostado e tirem um tempinho para ajudar quem mais precisa neste tempo natalício!

xo Ana

Ter | 01.12.20

Jane The Virgin

Review

Olá pessoal, 

Recentemente comecei a ver a série da Netflix "Jane The Virgin" e meu Deus... mas que série! Estão a ver uma novela mexicana!? É isso e muito mais! Peguem em personagens realistas, ponham-nas em situações altamente improváveis, juntem romance, comédia e drama, misturem tudo e BAM! Assim nasce Jane The Virgin!

Escusado será dizer que estou totalmente rendida! Nunca pensei vir a gostar de uma série deste género, mas aqui estou eu! Garanto que, se acha que isto não é para si, esqueça! Só veja e depois falamos, não há como não viciar! 
Para quem nunca ouviu falar, tudo começa com Jane Gloriana Villanueva, uma rapariga que vive com a mãe e com a avó. Ela, em criança, prometeu à avó que se manteria virgem até ao casamento e assim foi! No entanto, numa consulta com a sua ginecologista, dá-se um engano e ela acaba por ser artificialmente inseminada por engano e daí se desenrola toda a história! Garanto que terá surpresas em TODOS (and I mean TODOS) os episódios! Nunca acabará um único episódio a pensar "amanhã vejo mais", será mais do tipo "não posso ir dormir sem ver só mais um" e acaba a ver a temporada completa.

Mas, é assim, como já todo este post é a dizer bem da série, decidi que, em vez de fazer uma lista das razões por que deve ver a série, vou fazer uma lista das razões para não ver! Aqui vai:

➜ É uma série extensa!

Tem 6 temporadas, cada uma delas com, mais coisa menos coisa, 20 episódios.

➜ Os episódios são, igualmente, grandes!

Cada episódio tem 45 minutos.

➜ Os primeiros episódios não são muito cativantes!

Provavelmente, não ficará cativado pelos primeiros episódios, visto que o enredo é bastante complexo, existe muita contextualização e pouca ação nos (mais ou menos) 5 primeiros episódios. Depois disso, a história nunca mais pára!

Bem, estás são as únicas 3 razões que o podiam levar a não ver a série. Se estas razões não o incomodam, então recomendo começar JÁ a ver esta série! Se o incomodarem, recomendo um cházinho e que logo a seguir comece a ver a série!

Até ao próximo post!

xo Ana