Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

the ana show.

neste blog nenhuma realidade será embelezada!!

the ana show.

neste blog nenhuma realidade será embelezada!!

18
Jul20

Relações Abusivas andam por aí

Olá pessoas,

Espero que estejam todos bem e de boa saúde! Hoje vamos falar de relações abusivas. Eu namoro há 6 anos e não estou numa relação abusiva, mas tenho vindo a perceber que eu é que tive sorte (o que é triste). A maioria das pessoas hoje em dia não sabem manter uma relação.

Conheço relatos de pessoas que estiveram/estão numa relação abusiva e, sinceramente, faz-me muita confusão como existe tanta gente que não sabe tratar o seu parceiro, sendo este a pessoa de quem eles deveriam gostar e tentar proteger. Ao invés, muitos deles acabam por serem eles mesmos os "perigos". 

Uma coisa que reparei é que as pessoas não sabem que estão numa relação abusiva até saírem dela, mas acreditem que se não estão bem a 100% na relação é porque não vale a pena forçar. Acho que isto é algo que muitas pessoas precisam de ouvir. Há cerca de 7 biliões de pessoas no mundo, porquê forçar uma relação que não nos deixa satisfeitos a 100%!? 

Sei que é mais fácil falar do que agir, mas temos de começar por algum lado. E logo o primeiro paço tem de ser com a identificação da relação abusiva. Se alguma vez te sentiste preso/presa, se sentes que não tens total controlo sobre a tua vida, então estás numa relação abusiva. Se o teu parceiro quer constantemente mudar quem és realmente, então estás numa relação abusiva. E, por último, se sentes que existe algum tipo de abuso psicológico (como por exemplo, ridicularização das tuas opiniões) ou abuso físico, então, sem dúvida, que estás numa relação abusiva.

Sei que muitos podem pensar, mas nós somos felizes assim e a relação resulta... ok, eu entendo isso, mas a que preço é que a relação resulta? Tenta dar um tempo e apoia-te nos teus amigos, ouve-os essencialmente, e verás que não eras assim tão feliz. Mas tu mereces ser feliz, toda a gente tem esse direito, por mais magro, gordo, baixo, alto, bonito ou feio, se é preto ou se é branco, etc. tu tens o direito de ser feliz e de reconhecer o teu valor. Tu mereces melhor do que o que tens e garanto-te que alguém te vai aceitar e gostar de ti tal como és, sem necessitar de te rebaixar para se sobressair. 

Devo alertar que estes sinais que apontei são apenas alguns mas existem muitos mais e é importante falarmos disto, porque só assim podemos chamar cada vez mais gentes que se encontre nesta situação à razão. Se precisares de desabafar, de uma opinião, seja o que for podes falar comigo! Eu respondo a tudo e estou disposta a ajudar no que for preciso!

Fiquem bem e sejam felizes!

xx ana